BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 5 de julho de 2007

As armadilhas do mundo moderno – A propaganda

No âmbito da propaganda, a mídia simplesmente ignora os padrões lógicos e reais e opta pela escolha do absurdo. As propagandas rompem com normas, padrões e todos os outros conceitos de moral tão priorizados pela nossa sociedade; as que mais rompem padrões são as que mais fazem sucesso. A exploração desse recurso liberta, momentaneamente, o espectador das pressões diárias, do massacre dos conceitos da sociedade e o faz mergulhar numa nova dimensão em que tudo é possível, e que tal objeto pode proporcionar-lhe da situação atual para uma outra aparentemente melhor.

É preciso um cuidado extremo para não cair nessas tão famosas armadilhas, pois seus criadores estão cada vez mais criativos e as propagandas cada vez mais persuasivas. E se mesmo assim ao observá-la, você se imagine numa praia paradisíaca, acompanhado por seu ídolo, lembre-se de que isso é uma falsa impressão; a compra de um simples sabão em pó não fará uma transformação na ordem natural do mundo; fará talvez nas suas roupas.

As pessoas que lidam com esse mundo de marketing são em geral, inventivas, e procuram em um ato simples e cotidiano que será o ponto de partida para o desenvolvimento da propaganda, relacionando a quebra de padrões ao objeto a ser vendido, e buscando nos espectadores a identificação, seja física, seja pela condição social, seja pela emoção; o importante é prender a atenção. O que temos visto atualmente é a busca pelo ridículo, pelas situações pelas quais passamos, mas que quando postas em evidência e analisadas de um outro ponto de vista se tornam absurdas e até mesmo exageradas. O humor é uma peça-chave na elaboração, pois mesmo que nem todos tenham o mesmo gosto com relação à humor, boa parte irá debater a propaganda, seja positivamente ou negativamente, atingindo o objetivo que no caso, é atingir a todos, mesmo que uma boa parte critique negativamente.

Com isso, é perceptível o quanto a propaganda é fato em nossas vidas, e o quanto nos deixamos influenciar por elas. Aquela que possui maior exploração de recursos, e maior discrepância com o dito mundo real será com certeza a mais famosa, podendo até ser aproveitada futuramente para objetivos diferentes. E ao fim, venderá mais aquele que tiver a melhor propaganda, mesmo o produto sendo uma bela porcaria.

6 comentários coloridos ♥:

Stupide Fille disse...

ain.. eo ia le o post mais.. eh mtooo grandiiiiiii..otra hora eo leioooo


e nhee..eo amo preto e vermelho... soh q eo non uso vermelho em ropa nao..fika estranhu Oo


rs....
q baum q achu o blog bunitinhuuu...



baum... to sainu.. to no pc do meu namo..eli tah me esperanu..e tah quase nananu aki ¬¬

bye

nanii. disse...

as propagandas estão cada vez mais apelando pro lado emocional. :)

beijooo.

Tangerine disse...

Mas pelo menos não é mais tão chato ir pros comerciais com essas propagandas criativas! ;]
E as pessoas compram de qualquer jeito mesmo, agora elas tem a desculpa da "boa propaganda" que as influenciou! =X

Beeijo

Têffop disse...

puxa, eu tô realmente sem tempo de comentaaaaaar assim sabe!
li lah o coment!
passando rapidim!
mas bem... propagandas... eu pretendo trabalhar com isso!
rs

Chris disse...

Oi sumida!!! hahahah.... Beijos!

capitã joca sparrow disse...

caracaaa ju que irada sua disertação, rsr, confeso que as vezes topo com algumas propagandas enganosas, que nao saem da minha memória, ontem na minha sala tavam todos cantando: quem ama bloqueia, quem ama bloqueia, aquela propaganda de celular, rsr, concordo com vc as vezes somos levaos de uma tal forma que nem percebemos!!
mil beijos amigaa te adoro!!